Fibrose Pulmonar Idiopática

image

A Fibrose Pulmonar Idiopática, ou FPI, é uma doença de comprometimento pulmonar que causa o endurecimento dos pulmões. Aos poucos eles perdem a elasticidade e a capacidade de expandir e oxigenar o corpo, acarretando em falta de ar e cansaço constantes.
A doença tem maior incidência em pessoas com mais de 50 anos, com preferência de acometimento no sexo masculino.
Os sintomas na fase inicial como cansaço e tosse seca crônica (mais de 8 semanas) podem não ser suficientes para alertar os pacientes, pois são sintomas corriqueiros entre os idosos. Muitas vezes o paciente e familiares não dão atenção necessária e só vão ao médico quando a doença está causando limitações.
Calcula-se que a FPI atinja de 14 a 43 em cada 100mil pessoas. No Brasil, estima-se que haja de 13 a 18 mil casos.
O diagnóstico precoce é importante para iniciar o tratamento que estabiliza a doença e freia a progressão. Apesar de não ter cura, é possível controlar a doença e manter a qualidade de vida. Os medicamentos ajudam a reduzir o ritmo de perda de função pulmonar e os pacientes que apresentam melhores resultados são aqueles cuja capacidade pulmonar ainda não está gravemente comprometida.

Compartilhe:
Top